quarta-feira, 25 de abril de 2012

Banda Independente: Curumin



Pessoal, a banda independente de hoje vai ser apresentada pelo meu amigo Edu Ardo que está sempre me mostrando músicas e bandas novas que eu adoro, por isso o convidei para este post de hoje. Espero que vcs também gostem dessa banda.



De acordo com o dicionário, Curumim é uma palavra de origem tupi, e designa, de modo geral, as crianças indígenas.


Além disso, Curumim também é o nome artístico de um jovem músico brasileiro, multi-instrumentista, extremamente talentoso, o qual pretendo apresentar neste texto. E por que acredito que tal artista merece ser apresentado/divulgado?
Porque o sujeito em questão é artista nacional, porém muito pouco conhecido em solo tupiniquim. Infelizmente (ou felizmente), ele é mais reconhecido e respeitado no exterior do que em seu próprio país. Curumin tem tempo de carreira, é experiente e já acompanhou grandes artistas brasileiros (por ex: Arnaldo Antunes, B Negão, Otto, Vanessa da Matta etc.).
Nos últimos tempos, além de continuar realizando parcerias, Curumin tem se dedicado fortemente a um projeto pessoal, que já rendeu três discos, sendo estes os seguintes: Achados e Perdidos (2003), Japan Pop Show (2008) e Arrocha (2012).

Em minha opinião, o grande atrativo do artista em questão é a facilidade que ele tem para constituir sua obra de um modo bem variado. Encontramos em seus discos, por exemplo, músicas com ritmo de funk, reggae, soul, jazz, samba, dance, rap etc. e tal, e tudo isto produzido com muita autoridade e competência. O Curumim não se prende a um único estilo, pois está sempre se movimentando entre as diversas tribos, sem preconceitos e com aquela vontade insaciável de aprender sempre, de querer estar sempre em contato com o novo, postura esta bastante típica nas crianças, nos curumins. Com certeza vale a pena conhecer.



Contatos: 

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...